A sós com os pensamentos

A sós com os pensamentos

Não estamos habituados a passar tanto tempo connosco. As variadas ocupações e distrações da nossa vida habitual protegem-nos dos pensamentos recorrentes, do stress, das ruminações.
Na atual situação, em que muitos de nós têm menos com que se ocupar, não ficamos um pouco mais à mercê dos pensamentos?

Deixe uma resposta