A vida é um sonho

Estamos tão presos na nossa teia espácio-temporal que todas as nossas experiências ou momentos conscientes são sempre referenciados. Isto passou-se depois daquilo; desloquei-me daqui para ali; estou a Norte ou a Sul; antes ou depois.

0 Comments

A consciência da impermanência

“Todos os fenómenos compostos são impermanentes” – eis uma afirmação que, quando integrada à nossa forma de viver, faz de nós budistas praticantes e, ao mesmo tempo, pessoas mais realistas, mais adaptadas à forma como as coisas são de facto.

0 Comments

Viver no presente, planear o futuro

Quando ouvimos falar de “viver no momento presente”, temos às vezes esta dúvida: se a única coisa real é o momento presente, como posso fazer planos para o futuro? Viver no presente não significa que não possamos fazer planos.

0 Comments

Ser um com a experiência

Às vezes as nuvens que ensombram a nossa experiência com um véu de separação dissipam-se num breve momento. Sentimo-nos parte de um todo, como uma gota de água cuja existência se fundiu no oceano. Estamos no fluxo, ou como dizem os americanos “we got in the zone”.

0 Comments

Dois tipos de meditação

Os gregos aconselhavam: “Conhece-te a ti próprio”. A meditação é uma ferramenta perfeitamente adequada para esse auto-conhecimento. Todas e quaisquer formas de meditação no Budismo tibetano têm sempre dois aspetos.

0 Comments

O corpo e o espírito na meditação

Que ligação existe entre o corpo e o espírito na meditação? Tal como em todas as áreas da vida, o corpo não funciona sem a mente, nem a mente sem o corpo. Uma alteração da respiração tem efeito sobre a mente, e quando a mente está agitada, a respiração altera-se.

0 Comments

A realidade da realidade

Aquilo que tomamos como real e inquestionável é sempre uma experiência da mente. Que tipo de existência terá fora dela? Esta é uma investigação que temos de fazer.

0 Comments

Meditação ou alienação

A grande maioria de nós vive alienada do momento presente, mergulhada em pensamentos e cogitações, absorvida pelo mental e os seus incessantes tormentos. Como vivemos em total desatenção do que se passa à nossa volta, tornamo-nos insensíveis à beleza que nos rodeia e às pequenas coisas nas quais se encontra uma grande parte da felicidade.

0 Comments

O momento presente

A meditação traz-nos de volta para o momento, para a realidade concreta da nossa experiência. Permite-nos ganhar consciência de coisas óbvias como respirar, ouvir, sentir, ter consciência de estarmos sentados ou a andar. Permite-nos notar tudo, sem julgamento, sem comentários.

0 Comments